FLAMENGO VIRA DIANTE DO BAURU E SE MANTEM NA LIDERANÇA DO NBB

Infiltrado no garrafão e cavando lances livres, o Flamengo conseguiu virar o jogo diante do Bauru depois de tomar um susto no 2º quarto

Por Redação do Ge
Flamengo vira e garante a vitória diante do Bauru para se manter na liderança do NBB (Marcelo Cortes/CRF)

Em jogo válido pela 27ª rodada do NBB, o Flamengo recebeu o Bauru no Ginásio Antônio Prado Júnior, em São Paulo, nesta quinta-feira. Infiltrado no garrafão e cavando os lances livres, o Flamengo conseguiu virar o jogo depois de tomar um susto no segundo quarto. A equipe de Gustavo De Conti ampliou a vantagem no último período para fechar em 91 a 86. Apesar da derrota, o cestinha da partida foi Gui Deodato com 24 pontos.

– Graças a Deus vem dando certo, principalmente nos jogos grandes. Acho que no primeiro tempo não fizemos o que foi planejado, tomamos um esporro no vestiário e no segundo tempo a vitória veio – comentou Olivinha.

Já são 10 vitórias consecutivas da equipe carioca no NBB, essa é a maior sequência invicta em vigor na competição. O Flamengo se isolou na liderança da competição nacional com 48 pontos. Até o momento, o time obteve 23 vitórias em 25 jogos disputados. As duas derrotas foram para o São Paulo e Corinthians.

O Bauru segue dividindo a quarta colocação, com 15 vitórias em 23 partidas, com o Paulistano.

O jogo

A equipe do Flamengo começou o jogo com Franco Balbi, Marquinhos, Rafa Mineiro, Olivinha e Luke Martinez. Pelo Bauru, o técnico Léo Figueiró escalou Tyrone Curnell, Gui Deodato, Alexey Borges, Alex e Gabriel Jaú como quinteto inicial.

Foi primeira partida de Luke Martinez como titular pelo Flamengo. O recorde mexicano-americano com a camisa rubro-negra foi de 17 pontos contra o São Paulo.

No primeiro período, os dois times forçaram bastante nas bola de três. O Flamengo chegou a abrir cinco pontos de vantagem, 15 a 10, mas o Bauru não facilitou. Aniversariante do dia, completando 41 anos, o ala Alex Garcia não desperdiçou os rebotes. Destaque para a bolaça de três do Larry Taylor para fechar o quarto com apenas um ponto de diferença. Placar de 23 a 22 para a equipe carioca.

No segundo quarto, o volume de jogo do Bauru ofuscou o aproveitamento do Flamengo. Gui Deodato anotou a quarta bola de três dele para colocar a equipe visitante na frente. Gustavo De Conti pediu tempo para tentar organizar a marcação do time rubro-negro, mas não teve sucesso. O Bauru conseguiu uma vantagem de seis pontos antes do intervalo, 25 a 19 para a equipe do interior paulista. Placar final de 42 a 47.

Na volta do intervalo, o Flamengo acordou e deixou o adversário sem espaço para jogar. Olivinha aproveitou os rebotes. A orientação foi cavar lances livres, o plantel rubro-negro cumpriu a ordem e conseguiu seis cobranças contra zero do Bauru. O time visitante fechou o jogo mandando outra bola no estouro do cronômetro, Gui Deodato diminuiu numa ponte área com Larry Taylor. Placar, 25 a 22.

No último quarto, o Bauru acusou o golpe e deixou o Flamengo ampliar a vantagem. Brabo, o ala Alex acreditou até o fim e atravessou a quadra para uma bela enterrada. Final de jogo 91 a 86 para garantir a 14ª vitória do Flamengo na temporada.

Fonte: ge.globo/SP