VILHENENSE, JI-PARANÁ E REAL ARIQUEMES RECEBERÃO APOIO FINANCEIRO DA CBF

Vilhenense e Ji-Paraná disputam a série D e por isso serão beneficiados com o valor R$ 120 mil e o Real Ariquemes, que disputa a Série A2 do Brasileirão Feminino irá receber R$ 50 mil

O Vilhenense está no Grupo A1 da Série D

A CBF comunicou na tarde desta segunda-feira, 6, novas medidas de apoio financeiro a clubes e federações. A entidade destinará pouco mais de R$ 19 milhões para ajudar equipes que disputam as Séries C e D do Brasileiro, com valores equivalentes à média de duas folhas salariais dos atletas de cada competição. O mesmo apoio será dado às participantes das Séries A1 e A2 do Campeonato Brasileiro Feminino.

Com isso, são beneficiadas as seguintes equipes de Rondônia: Vilhenense e Ji-Paraná, que disputam a Série D, além do Real Ariquemes que disputa a Séries A2 do Brasileiro feminino.

O Ji-Paraná disputa a Pré-Série D

O Ji-Paraná disputará a Pré-Série D, enquanto Vilhenense entra direto na fase de grupos da quarta divisão do Campeonato Brasileiro. Cada um dos times receberá R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais). O Real Ariquemes receberá R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais).

Os recursos totalizam R$ 19.120.000,00 e serão destinados da seguinte forma:

  • Para os 68 clubes da Série D, o auxílio individual será de R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais), num total de R$ 8.160.000,00 (oito milhões, cento e sessenta mil reais).
  • Para os 20 clubes da Série C, o auxílio individual será de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais), num total de R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais).
  • O Real disputa a Série A2 do Brasileiro Feminino

    Para os 16 clubes da Série A1 do Campeonato Brasileiro Feminino, o auxílio individual será de R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais), somando R$ 1.920.000,00 (um milhão, novecentos e vinte mil reais).

  • Para os 36 clubes da Série A2 do Campeonato Brasileiro Feminino, o auxílio por clube será de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais), com o desembolso total, pela CBF, de R$ 1.800.000,00 (um milhão e oitocentos mil reais).
  • Para as Federações Estaduais, são R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais) por entidade, num total de R$ 3.240.000,00 (três milhões, duzentos e quarenta mil reais).

Fonte: GloboEsporte.com/ro