Federação estuda possibilidade de retorno da 2ª divisão no futebol rondoniense

Devido a procura de novos clubes e solicitação de retorno da competição de antigos filiados, a entidade diz que há possibilidade do retorno da 2ª divisão

 

POR LÍVIA COSTA

 

O Campeonato Rondoniense 2018 está marcado para fevereiro e tem clubes novos buscando chance para brigar pelo título estadual. De acordo com a assessoria de imprensa da Federação de Futebol de Rondônia, há três clubes interessados que já encaminharam a documentação de requerimento de participação no campeonato. A FFER confirmou que apenas oito times vão entrar na competição do próximo ano.

 

Devido a alta procura para a competição, o assessor Paulo Ricardo explica que a Federação está estudando a possibilidade de voltar com a 2ª divisão, que foi extinta devido o baixo número de clubes profissionais no estado.

 

– O interesse de novas equipes com a necessidade de retorno de clubes que estão afastados e precisam voltar está sendo o termômetro do Departamento de Competições da entidade. Não é viável derrubar o decreto da FFER para aumentar o número de participantes e no ano seguinte não conseguirmos manter a quantidade, por isso a ideia de voltar com a segundona cria força a cada nova procura.

 

Paulo afirma que todas as circunstâncias estão sendo analisadas pela entidade e garante que o crescimento do futebol de elite do estado é um ponto positivo que precisa ser ressaltado.

 

– O Campeonato Rondoniense tem alcançado degraus mais altos a cada ano e atraindo novos parceiros que acreditam em nosso futebol a tendência é continuar crescendo. É importante ressaltar que esta competição é a única porta para competições nacionais como: Copa do Brasil, Copa Verde e Série D, promovidos pela Confederação Brasileira de Futebol.

 

Segundo assessoria da FFER, o Porto Club, Avaí e Vilhenense são os três clubes que mostraram interesse na competição de 2018, mas há também clubes que são filiados e estavam afastados dos jogos e querem retornar para o próximo ano. Jussiê Nogueira, presidente do Porto Club explica que só depende da federação para entrar na disputa ano que vem.

 

– Entramos com o requerimento de participação, sabemos que são oito vagas para o Campeoanto Rondoniense 2018 e esperamos uma oportunidade. Nosso objetivo é trabalhar com o profisisonal da mesma maneira que estamos com o feminino, honrando nossas pratas da casa. Caso não haja vaga para a 1ª divisão, vamos para a segundona com a mesma garra.

 

Fonte: GloboEsporte.com/ro