Esporte RO

Barcelona lança projeto social em Vilhena

A meta do novo clube vilhenense é atender cerca de 200 crianças e adolescente com idades entre 9 e 16 anos

 

Por Rogério Perucci

 

Crédito: Rogério Perucci

Crédito: Rogério Perucci

A diretoria do Barcelona Futebol Clube, em um evento na tarde desta quarta-feira, 23, lançou oficialmente o seu projeto social Catalão Vilhenense que pretende atender na escolinha de iniciação esportiva, cerca de 200 crianças e adolescente na faixa etária dos 9 aos 16 anos.

O evento, que aconteceu no Centro de Treinamento do clube, reuniu além da diretoria do clube e colaboradores, autoridades como o vice-presidente da Federação de Futebol do Estado de Rondônia – FFER Natal Jacob, e do vice-prefeito eleito Darci Cerruti. Ambos parabenizaram a iniciativa do clube e se dispuseram a colaborar, na medida do possível, com a iniciativa.

Para o goleiro Rocha, que participou de um projeto social similar na infância, mais do que formar atletas, o Projeto Catalão Vilhenense tem a intenção de formar cidadãos. “O que eu aprendi há vinte e cinco anos atrás no projeto social, me lembro até hoje, e tenho certeza que os meninos que farão parte do Catalão Vilhenense também levarão para sua vida as lições aprendidas aqui”, disse o goleiro.

Créditos: Rogério Perucci

Créditos: Rogério Perucci

Cerca de 70 meninos se inscreveram neste primeiro momento. Mas, embora o lançamento oficial tenha ocorrido ontem, as atividades do Catalão Vilhenense iniciam mesmo em janeiro do ano que vem. De acordo com a diretoria, não basta ter habilidade para fazer parte do Catalão Vilhenense, também é necessário que o atleta esteja bem nos estudos e tenha um bom comportamento em casa e no ambiente escolar.

O presidente do Barcelona, José Luiz Pereira, comemorou o sucesso do evento e disse que a receptividade que o projeto teve serve como combustível para trabalhar ainda mais para trazer resultados para a cidade, tanto no tocante ao projeto social, quanto com relação a equipe profissional que disputará seu primeiro Estadual em 2017. “Dá vontade de chorar ver um sonho de tantos anos se tornando realidade. Isso só me faz erguer a cabeça, arregaçar as mangas e trabalhar ainda mais para que consigamos chegar aonde almejamos”, disse o presidente.

barca-3

 

Fonte: Folha do Sul

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *