Esporte RO

Coordenador das Escolinhas do Furacão anuncia abertura de unidade em Vilhena

Valdecir dos Santos ministra palestra hoje em Vilhena para falar sobre como funciona as Escolinhas Furacão; o evento será no Park Embratel

 

Por Rogério Perucci

 

Créditos: Rogério Perucci

Créditos: Rogério Perucci

Ex-atleta, hoje olheiro e coordenador das Escolinhas Furacão na Região Amazônica, Valdecir dos Santos, ministra hoje, no Park Embratel, uma palestra com início às 19h00, na qual esclarecer aos pais, as bases, metas e formas de atuação das Escolinhas Furacão, entidades licenciadas pelo Clube Atlético Paranaense para atuarem com a iniciação de crianças e adolescentes no esporte.

Ferreira, com o olheiro é conhecido no futebol, tem uma história longa no futebol tendo atuado no Santos por 7 anos; e com passagens por clubes da Espanha, Portugal, Itália e Japão. Além disso, Ferreira já trabalhou no Internacional, Grêmio, Cruzeiro, Santos, até assumir a coordenação das escolas Furacão na Região Amazônica. “Eu sou responsável pelas mais de 20 escolinhas credenciadas pelo Atlético-PR de Mato Grosso do Sul à Roraima”, disse.

Nesta sexta-feira, o coordenador visitou a redação do Folha do Sul Online e revelou que será implantada uma Escolinha Furacão em Vilhena. A parceria será com o empresário e apaixonado por futebol Diogenes Santini. E a nova escolinha, que irá atender crianças e adolescentes de 5 a 16 anos, será no Park Embratrel, que já foi Centro de Treinamento do VEC.

De acordo com Valdecir Santos, até o dia 20 de outubro deve se iniciar os trabalhos com a primeira turma. O ex-atleta revelou, que o diferencial das Escolinhas Furacão é que os profissionais que irão atuar diretamente com as crianças passarão por um treinamento, uma reciclagem no Atlético-PR. “As pessoas que trabalham conosco precisam ser profissionais, precisam está filiadas ao CREF. Além disso, elas receberão treinamento na sede do clube; e mais, o CAP oferece material de primeira, da Umbro, e condições de trabalho aos profissionais que orientarão futuros atletas”, disse Valdecir.

O projeto de implantação da escolinha já está avançado, e além de Diogenes Santini, fazem parte do projeto Derli Dutra, Professor Gilson, e a psicóloga e nutricionista Silvana Rocha, que contam com o apoio do coordenador Valdecir dos Santos que está de mudança para Vilhena. “A escolha de Vilhena, além do clima que é ótimo, é a localização geográfica, preciso acompanhar os trabalhos desde Mato Grosso do Sul até Roraima, e Vilhena está no centro desse universo, facilita”, explicou.

Eventuais dúvidas sobre a palestra, que é gratuita, sobre a escolinha, ou como fazer a matrícula do filho ou filha, já que a Escolinha Furacão em Vilhena irá trabalhar também com o futebol feminino, basta ligar nos números: (69) 99821-8225, 98108-4203 e 9 9995-1523.

Fonte: Folha do Sul

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *