Flamengo vence confronto direto com Mogi

Em duelo equilibrado e decidido apenas nos segundos finais, o Rubro-negro se sai melhor diante do Mogi e iguala campanha do vice-líder Bauru

NBB_Flamengo_x_SaoJose-4799-700x467
 Meyinsse, do Flamengo (Bruno Lorenzo/LNB)

O Flamengo conquistou uma importante e emocionante vitória na rodada desta terça-feira (22/12), a última do NBB em 2015. Atuando ao lado de sua torcida, no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro, o clube rubro-negro venceu o Mogi das Cruzes/Helbor, em duelo direto na briga por posições, pelo apertado placar de 79 a 77.

Põe na conta: Com o resultado, o Flamengo se manteve na terceira posição e aumentou sua distância para o Mogi, quarto colocado. Agora, os atuais tricampeões somam dez triunfos em 13 jogos – mesma campanha do vice-líder Bauru -, enquanto que os mogianos têm sete vitórias em 12 partidas.

Meyinsse, do FlamengoMeyinsse, do Flamengo (Bruno Lorenzo/LNB)
Wagner, do Mogi, e Meyinsse, do Flamengo (Bruno Lorenzo/LNB)

Equilíbrio imperou: Apesar de o Flamengo ter ficado a maioria do tempo na liderança, o Mogi não saiu da cola dos rivais em nenhum momento e a diferença chegou na casa dos dígitos apenas em uma oportunidade, rapidamente, durante o terceiro quarto (60 a 50).

Final pegou fogo: Depois de ver o Flamengo abrir a maior diferença do jogo, o Mogi manteve sua postura agressiva e o jogo teve um final dramático. Com uma incrível sequência de duas bolas de três e uma assistência de Larry, o time paulista virou o jogo (75 a 73), restando pouco mais de dois minutos para o fim. Depois disso, Rafa Luz converteu uma bola de três e devolveu a liderança aos cariocas (76 a 75).

Teve a chance: Depois de Marcelinho errar um dos dois lances livres que teve direito, o Mogi teve a bola nas mãos para mudar o desfecho do jogo, com seis segundos para o fim. Shamell optou por tentar a vitória com um tiro de três pontos, mas a bola caprichosamente rodou em cima do aro e a vitória ficou mesmo com o Flamengo.

O cara: Vindo do banco de reservas, o experiente ala Marcelinho Machado foi o protagonista do triunfo rubro-negro. Com 18 pontos, o jogador foi o o cestinha da partida e igualou sua maior pontuação na temporada. Além disso, o capitão flamenguista ainda distribuiu sete assistências.

Fala aí: “Estamos em uma curva crescente. Claro que ainda temos muito a evoluir, mas estamos jogando bem nos últimos jogos e hoje foi mais uma prova disso. Aos poucos estamos encontrando a melhor cara para o time e uma vitória como essa ajuda muito nesse processo de evolução”, disse o cestinha Marcelinho.

Foi quase: Com nove pontos, dez rebotes e três assistências, o ala Marquinhos, do Flamengo, ficou muito próximo de registrar seu primeiro triplo-duplo no NBB.

Bem que tentaram: Dois jogadores tiveram boas atuações a favor do Mogi, o armador Larry Taylor (17 pontos, cinco rebotes e quatro assistências), e o ala Tyrone (15 pontos e sete rebotes).

Números comprovam: Para sair vencedor, o Flamengo teve amplo domínio em dois fundamentos importantes em uma partida de basquete. A equipe apanhou 41 rebotes, sendo 12 de ataque, contra 31 dos rivais, e distribuiu sete assistências a mais do que os mogianos (25 a 18).

E agora? O NBB 2015/2016 será interrompido para as festas de final de ano e as duas equipes só voltarão à quadra no dia 08 de janeiro. Ambos os times atuarão em casa, o Flamengo receberá o Macaé Basquete, enquanto que o Mogi duelará com o São José Basketball.

Fonte: Liga Nacional de Basquete