Dunga volta ao comando da Seleção Brasileira; primeiro desafio será dia 5 de setembro

20140722122635_0O presidente da CBF, José Maria Marin, e o vice-presidente Marco Polo del Nero apresentaram o novo técnico da Seleção Brasileira, Dunga, em coletiva de imprensa na sede da entidade. O primeiro amistoso de Dunga à frente da Seleção será dia 5 de setembro contra a Colômbia, no Estádio Sun Life, em Miami, e dia 9, contra o Equador, no Estádio MetLife, em Nova Jersey. O Superclássico das Américas – confronto contra a Argentina – será disputado no dia 11 de outubro, no Estádio Ninho do Pássaro, em Pequim, na China.

Além dos amistosos desse ano, Dunga já começou a trabalhar em conjunto com o coordenador Gilmar Rinaldi traçando o planejamento para o futuro imediato: a disputa da Copa América, em 2015, no Chile, e das Eliminatórias para a Copa do Mundo 2018.

– Não podemos vender ilusão ao torcedor brasileiro. A Seleção Brasileira terá muitas dificuldades pela frente a começar pela Copa América, cujos adversários melhoraram muito de nível, e depois, as Eliminatórias.

Antes da Copa do Mundo haverá as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, em que técnico será Alexandre Gallo, como ratificou, na entrevista, Gilmar Rinaldi.

Dunga

O Brasil não vai passar por uma revolução e mudar tudo depois da derrota por 7 a 1 para a Alemanha na Copa de 2014. A visão pragmática foi um dos tons da primeira entrevista coletiva de Dunga, que voltou nesta terça-feira ao comando da seleção. O treinador revelou que já tem um esboço da equipe que será chamada para um amistoso contra a Colômbia, no dia 5 de setembro, em Miami.

– Temos um esboço, mas o torcedor me conhece: eu não vou vender um sonho, e sim a realidade. A realidade precisa de trabalho. No futebol tudo é imprevisível, mas temos de conquistar todos os dias – declarou o novo treinador da equipe nacional.

Fonte: CBF
Texto: CBF
Foto: Rafael Ribeiro / CBF